LOGO-2018

A Escola Bíblica Semanal.

Historicamente a dia natalício da EBD é 3/11/1783 (1° domingo). Quando Robert Raikes deu início a expansão do movimento que ele havia iniciado em 1780. Ocorre que a 1ª EBD começou a funcionar em caráter permanente em Janeiro de 1782.

Desse modo, considerando que a EBS foi estabelecida nas ADJM no mês de Janeiro e nesse mês também foi realizada a 1ª EBD de modo permanente, as ADJM resolveram comemorar essa data tão importante no mês de Janeiro. Por conveniência organizacional escolhemos o 4º domingo do mês como data comemorativa da EBS. Na semana do 4º domingo também iniciamos a nossa Semana Bíblica e, com isso damos início ao ano teológico das ADJM.

A EBS o órgão de ensino bíblico semanal da Sede Geral das ADJM, das sedes regionais e filiais para todos os membros e interessados na matriz, nas sedes regionais e nas filiais. Quando possível os membros por ocasião das EBS são divididos por faixas etárias e ou por grupos de interesse.
A Escola Bíblica Semanal acontecerá preferencialmente nos domingos e, nos locais onde não for possível, poderá ocorrer nos dias dos cultos de ensino. Aos domingos o horário matutino é o mais indicado. A duração da reunião de estudos é de 90 minutos.

As revistas bíblicas são de uso preferencial, no entanto, podem ser usados livros sobre assuntos específicos, de interesse da instituição para a formação doutrinaria de seus membros em suas respectivas categorias.

Ao solicitar a sua admissão no quadro de membros das ADJM, a pessoa também assume o compromisso de ser frequentador assíduo da EBS, se preparando biblicamente para melhor servir ao reino de Deus, pois ali ocorre parte do discipulado.

O responsável pela EBS na igreja matriz é chamado de Coordenador Geral, na sede regional ele é chamado de Coordenador Regional e nas filiais de Líder da EBS, os quais também poderão atuar como professores.

A diretoria da EBS na igreja deve ser composta de 1 coordenador, 1 vice-coordenador, 1 ou 2 secretários e 1 ou 2 tesoureiros e nas filiais, 1 líder, 1 vice-líder, 1 ou 2 secretários e 1 ou 2 tesoureiros, de acordo com o seu tamanho.

O coordenador e o líder receberão a lista de membros da matriz, da sede regional e da filial, conforme o caso, e farão ostensivamente com os demais diretores o convite para os membros frequentarem a EBS.

A EBS por seu Coordenador Geral promoverá cursos, simpósios e workshops anuais para formação e aperfeiçoamento de líderes, recebendo apoio do IBPLUS.

As reuniões de professores e liderança acontecerão sempre que necessário, no mínimo, duas vezes no ano. O professor que precisar faltar deverá avisar antecipadamente o coordenador e o substituto.

A sistemática litúrgica da EBS é a mesma do culto, com as devidas adequações.

Aos domingos o encerramento do período de estudo se dará com um primeiro aviso às 10h15m para que os professores finalizem suas atividades e, no segundo sinal, cinco minutos depois, as classes se reúnem no plenário da igreja para a liturgia coletiva de culto.

Reunidos, faz-se a oração e uma classe, parte dela ou alguém previamente escolhido, em sistema de rodízio, fará uma apresentação segundo a sua conveniência – louvor e breve mensagem.

A mensagem será ministrada antes do ofertório e o louvor apresentado por ocasião da entrega das ofertas. Os cantores ofertarão primeiro.

Durante o ofertório as pessoas estarão em oração, podendo ser cantado um ou mais hinos por aquele ou aqueles que foram escolhidos anteriormente, enquanto os demais se dirigem ao altar onde entregarão suas vidas e suas contribuições (dízimos, votos e ofertas).

Depois será feito o momento missionário. Após esse ato, são informados os avisos e encerra-se a EBS com oração e bênção pastoral no modelo ADJM.

CONHEÇA MAIS SOBRE O DEPARTAMENTO

– Conheçam bem o trabalho geral e o esquema de funcionamento da EBS.

– Divulguem e recomendem aos professores a leitura de obras de consultas e referências sobre o trabalho, beneficiando a EBS.

– Providenciem o material necessário aos professores e alunos e mantenham completa a direção da EBS.

– Os Coordenadores dirigem as reuniões de estudos bíblicos para os professores, não sendo, contudo necessário, ministrar os estudos.

– Verifiquem os rumos da EBS, sua promoção e motivação.

– Cheguem cedo e verifiquem a arrumação do local de reunião semanal.
– Dirijam as reuniões de planejamento e as administrativas da EBS convocando os envolvidos com uma semana de antecedência.

– A reunião de planejamento na região metropolitana de São Paulo poderá ocorrer na sede Geral das ADJM e nas sedes de setor, quando houver, dela devendo participar a liderança das filiais.

– As atas devem ser levadas a ciência do pastor presidente e arquivadas em pasta própria.

– Divulguem e promovam a venda de material didático do departamento de literatura.

– Visitem os professores enfermos ou indiquem quem o faça, trazendo as informações.

– Todos os líderes da EBS devem fazer uma intensa conscientização dos membros do seu dever de participar da EBS.

– Conheçam e providenciem todo o material para funcionamento da EBS e a programação para o ano seguinte, isso no último trimestre.

– O coordenador geral deve visitar outras EBS nas filiais periodicamente.

– Mandem preparar os relatórios estatísticos.

– Orem pelos professores, secretários, tesoureiros, alunos e pelos assuntos da EBS.
– Saibam que o proveito da EBS é para todos, pois ensina a Palavra de Deus. Amem-na;

– Todos são bons, sejam iguais para com todos.

– O oficial da EBS deve ser membro fiel das ADJM, dedicado, humilde, obediente, estudioso da Palavra, dizimista, desejoso de trabalhar para o Senhor, que gosta de orar e despretensioso, disciplinado, ordeiro e capaz de trabalhar em grupo.

– Organizem a formação e funcionamento de novas classes sob a orientação do Espírito Santo.

– Iniciem e encerrem no horário a reunião da EBS.

– O obreiro que chega sempre atrasado ou que falta frequentemente ou ainda que não leva a sério o ensino, não deve ficar à frente da EBS ou de suas classes.

– Verifiquem como estão sendo dadas as aulas pelos professores e sugira sugestões de melhorias.

– Conheçam as divisões das classes e estudem semanalmente a lição da EBS com oração e dedicação.

– Avisem o substituto quando não puderem estar presentes.
– Conheçam o endereço de cada um para uma possível visita.

– Ao fazerem a convocação dos professores, falem sobre os deveres que cada um assume.

– Gastem alguns minutos falando sobre a reverência na casa do Senhor e no culto.

– Incentivem a cooperação do lar. Aproveitem todas as ocasiões possíveis para ensinar.

– Memorizem durante a semana o assunto da lição e os textos relacionados.

– Convidem ostensivamente as pessoas para virem à EBS.

– Tenham sempre um porteiro para encaminhar as pessoas ao devido lugar. Essa pessoa deve ter bom senso e conhecimento dos lugares para onde as pessoas devem se dirigir durante a EBS.

– Professores, tenham uma relação com os nomes dos alunos, seus endereços e a data de nascimento para as atividades sociais. O mesmo devem fazer os outros oficiais da EBS na matriz, sedes regionais e filiais.
– Nunca pensem que a lição é fácil; evitem o fracasso.
– Estudem a lição tendo em vista o aluno. Isso depende da idade para quem vocês vão falar, variem os métodos.

– Saibam que a finalidade do método de ensino é adaptar a lição ao aluno, nunca o contrário.

Não há a necessidade de se fazer chamada.

– Crianças não alfabetizadas;
– Crianças alfabetizadas
– Pré-adolescentes;
– Adolescentes;
– Jovens;
– Adultos (classe mista);
– Estudos específicos e;
– Formação de Obreiros.

Este seção é a responsável pela impressão, administração e distribuição das revistas bíblicas, livros, CDs e DVDs e outras mídias e ainda pelo funcionamento e manutenção da biblioteca Pastor Gentil Pessoa.

As revistas bíblicas utilizadas pelas ADJM para a evangelização, formação teológica, escola bíblica, cultos domiciliares, de treinamento e de ensinamento, são as definidas na Assembleia Geral Ministerial que serão adquiridas pela igreja matriz.
Ao Pastor Presidente ou a quem este determinar caberá todo pedido de compra de literatura junto às editoras e gráficas correspondentes.

A distribuição das revistas será feita pela Igreja Matriz, à base de cotas, respeitadas as faixas etárias, na modalidade de professor e aluno, quando for o caso.

Em relação às revistas bíblicas, cada congregação deverá informar sua cota de revistas, 45 (quarenta e cinco) dias antes do encerramento do trimestre.

Todo membro das ADJM será incentivado pela Diretoria a produzir materiais relativos a temas espirituais, emocionais, morais, cívicos e de divulgação interna, os quais serão analisados pelo Conselho Editorial que avaliará o conteúdo sob os aspectos teológicos e doutrinários.

O autor poderá doar ou vender o material produzido às ADJM, permanecendo responsável pelo seu conteúdo.

O material produzido independentemente do tema terá um exemplar destinado à biblioteca Pastor Gentil Pessoa. As obras que compõem o acervo da Biblioteca Pr. Gentil Pessoa, não poderão ser vendidas, doadas ou hipotecadas. Serão destinados colaboradores qualificados para a manutenção e funcionamento da Biblioteca Pr. Gentil Pessoa.

Esse Conselho é composto pelo presidente da Sede Geral das ADJM, pelo coordenador do IBPLUS, pelo professor da respectiva matéria no IBPLUS e de outros teólogos convidados para o evento avaliativo.

A sua função é a de avaliar os livros que serão publicados pelas ADJM e aqueles que serão utilizados como textos referenciais de cursos, palestras, simpósios, seminários, workshops e congressos quanto ao seu aspecto teológico e doutrinário.