LOGO-2018

O Departamento de Patrimônio

O departamento de patrimônio é o órgão das ADJM responsável pela listagem, numeração e registro de todos os bens imóveis e móveis das ADJM, inclusive a verificação do pagamento dos impostos, taxas e multas, etc.

Na hipótese de não pagamento de algum dos itens acima, os responsáveis pelo departamento devem informar de imediato ao tesoureiro geral para as devidas providências, informando-se ao pastor presidente.

Esse departamento é composto por dois (2) líderes em grau hierárquico igual, membros comungantes ou obreiros da Instituição que depois de terem atendido aos pressupostos mínimos exigidos, foram escolhidos pela presidência da Instituição para a execução de suas funções, as quais devem ser repartidas igualmente.

Os escolhidos para o desenvolvimento destas atividades, não possuem qualquer tipo de autonomia para comprar, doar, emprestar ou vender bens das ADJM, respondendo quando necessário, civil e penalmente pelos exageros cometidos.

A numeração e o registro das espécies de bens citados acima serão feitos por listas fornecidas semestralmente pelos dirigentes das filiais das ADJM e ao serem substituídos. Depois de conferidas essas listas pela equipe responsável, serão submetidas à ciência do pastor presidente ou seu imediato.

Estas listas semestrais serão assinadas pelos respectivos dirigentes das congregações e também pelos tesoureiros e secretários locais. Além das listas semestrais, deverá ser apresentado relatório anual contendo o balanço das atividades desenvolvidas pelo departamento à presidência das ADJM que informará aos presentes na Assembleia Geral Ministerial. O relatório anual será assinado pelos dois líderes responsáveis pelo departamento, demonstrando a veracidade das informações ali contidas.

Os relatórios semestrais e anuais serão arquivados pelo tesoureiro em locais adequados para eventuais consultas. Tais relatórios poderão ser apresentados em mídias portáteis ou por e-mail.

Não são permitidas compras e doações, sem a devida documentação que comprove a real titularidade e a transmissão para a Sede Geral das ADJM.
Para doações e afins, serão utilizados formulários próprios que conterão as descrições e características mínimas do bem; de quem está doando e de quem está recebendo, além da assinatura de duas testemunhas.

Quando a Instituição fizer alguma doação a pessoa física, após os trâmites acima, será enviada cópia desse documento ao serviço social da entidade.

Nenhum objeto ou bem alocado na igreja correspondente, será transferido para outra filial das ADJM, sem a assinatura do termo de transferência e de responsabilidade pelo solicitante e pelos responsáveis do departamento e a ciência da presidência ou a de quem esta designar.

O termo de transferência e de responsabilidade é assinado pelo dirigente da matriz ou filial cedente e pelo dirigente da que receberá os bens, sendo vedado aos membros emprestar, ceder ou transferir os bens da igreja, sob pena de disciplina. O objeto ou o bem transferido terá a sua localização informada na produção do novo relatório semestral.

A solicitação por empréstimo para atender as necessidades eventuais por ocasião das festas na filial será assinada pelo solicitante – dirigente da filial e pelo responsável da filial cedente ou da igreja matriz. No termo deve constar a data de saída e da devolução.

Se houver danos a algum bem, o solicitante arcará com o conserto ou reposição do bem, sendo essa situação informada ao superior e constará do relatório semestral.