CAFÉ DA MANHÃ PARA A ALMA

Série Oração

A parte mais empolgante do nosso momento devocional é aquela em fazemos a oração da fé.

A oração da fé é a expressão verbal daquilo em que acreditamos, é proclamarmos que Deus pode realizar sua vontade e com certeza fará para atingir os Seus propósitos.

Esse tipo de oração é como agradecer a Deus por algo que Ele ainda vai fazer.

A oração da fé é poderosa.

Se orarmos com a motivação certa, de acordo com a vontade de Deus e seus propósitos, não buscando a realização de nossos desejos carnais, Deus responderá e operará maravilhas.
Pr Janete Pessoa

CAFÉ DA MANHÃ PARA A ALMA

Série Oração

Depois de ouvirmos a Deus, confessar nossos pecados, ler e meditar na Palavra e interceder pelos outros, aí é a hora de colocarmos diante de Deus nossas necessidades pessoais.

Precisamos colocar diante do Senhor todas as necessidades: físicas, emocionais e espirituais.

E com certeza deseja que o façamos com o coração puro.

Devemos orar com o desejo que a vontade de Deus seja feita, purificando nossa motivação, alinhando-a com os desejos Dele para nós.
No mundo espiritual, ter maturidade é possuir a fé de uma criança.

Quando nossa atitude é correta, nossas orações estão de acordo com a vontade Dele, com certeza receberemos suas bênçãos.

Embora Deus saiba de tudo o que precisamos é de todos os nossos sentimentos, Ele deseja que os apresentemos a Ele com sinceridade de coração.

Se não falarmos ao Senhor sobre tudo que nos diz respeito, estaremos impedindo que Ele nos abençoe.
Pra Janete Pessoa

A obra é assinada pelo artista plástico mineiro Lumumba Afroindígena, 40, com coautoria da arquiteta Francine Moura, 43

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – No ano em que estátuas que homenageiam bandeirantes, colonizadores, escravocratas e figuras tidas como racistas foram questionadas e derrubadas, São Paulo coloca de pé um monumento que joga luz à história de Joaquim Pinto de Oliveira, arquiteto escravizado do século 18 conhecido como Tebas.

A obra é assinada pelo artista plástico mineiro Lumumba Afroindígena, 40, com coautoria da arquiteta Francine Moura, 43. O valor de R$ 171 mil foi custeado pela Secretaria Municipal de Cultura da cidade e a peça será entregue no dia 20 de novembro, em ato simbólico do Dia da Consciência Negra.

A inauguração oficial será no dia 5 de dezembro, durante a sexta edição da Jornada do Patrimônio – evento que resgata as memórias da capital e vai homenagear Tebas com outras intervenções artísticas.

A estátua é feita de aço inox, ferro e concreto aparente na base e busca retratar sua condição de escravizado, sua liberdade, o sucesso profissional e o seu apagamento histórico.

Ela ficará na praça Clóvis Bevilácqua, próxima à praça da Sé, entre as igrejas da Sé e do Carmo. Os dois templos tiveram intervenções do arquiteto. Foi trabalhando nelas que ele conseguiu, aos 57 anos, juntar dinheiro suficiente para pagar por sua alforria.

Tebas viveu entre 1721 e 1811. Trazido de Santos (SP), seu primeiro senhor foi o mestre pedreiro português Bento de Oliveira Lima, muito requisitado para fazer obras no centro paulistano.

Não demorou para que o negro que conhecia a arte da cantaria passasse a ser disputado para dar às fachadas dos templos católicos um ar mais requintado.

Seu trabalho tocou os três vértices da região do centro hoje chamada Triângulo Histórico: as sedes dos beneditinos, dos carmelitas e dos franciscanos.

Entre suas obras está também a reforma da antiga matriz da catedral da Sé –Lima a deixou inacabada ao morrer e Tebas concluiu o trabalho.

Ele trabalhou ainda na restauração do Mosteiro de São Bento entre 1766 e 1798 e tem como uma de suas obras mais importantes o Chafariz da Misericórdia, o primeiro da cidade. Construído em 1792, ele ficava onde hoje é o cruzamento das ruas Quintino Bocaiúva, Direita e Álvares Penteado. Pouco menos de cem anos depois, foi levado para o largo de Santa Cecília e posteriormente recolhido pela prefeitura.

Na Igreja da Ordem Terceira do Carmo, na av. Rangel Pestana, ainda é possível ver os arcos talhados por ele.

Seu apelido, Tebas, dá o tom de sua importância: significa “alguém de grande habilidade” em quimbundo, língua falada pelos negros bantos, trazidos da Angola, do Congo e de Moçambique, um dos grupos mais populosos de escravizados no Brasil.

Em março de 2018, ele foi considerado oficialmente arquiteto pelo sindicato estadual da categoria.

No ano passado, foi homenageado com uma das 25 primeiras placas do projeto Memória Paulistana, outra iniciativa da Secretaria Municipal de Cultura que antecedeu a Jornada do Patrimônio. No evento, o ator Ailton Graça interpretou Tebas no Grande Cortejo, espetáculo que recontou parte da história da cidade a partir do Triângulo Histórico.

Neste ano, a jornada terá projeções de vídeos na Igreja do Carmo e uma instalação artística que simulará o chafariz de Tebas no Largo da Misericórdia. O evento terá ainda um bate-papo ao vivo com os artistas e criadores da obra, Lumumba Afroindígena e Francine Moreira, e a participação do jornalista Abílio Ferreira, organizador do livro “Tebas – Um Negro Arquiteto na São Paulo Escravocrata” (Abordagens).

O monumento também faz parte de outro pacote de ações antirracistas que teve início em julho com o projeto Vozes Contra o Racismo, que levou aos muros e ruas da capital grafites, filmes, fotografias e projeções sobre preconceito.

“Esse monumento simboliza uma nova postura do poder público para com as memórias apagadas na cidade que necessitam de atenção e reconhecimento”, afirma, em nota, a secretaria sob gestão de Bruno Covas (PSDB). “Trata-se de uma pauta internacional que objetiva valorizar personalidades negras apagadas da memória social e uma forma de enfrentamento do racismo estrutural que existe no Brasil e no mundo”, diz.

 

 

fonte:

cultura ao minuto

Este é provavelmente o maior valor pedido por uma pintura da artista numa feira.

 

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Uma pintura de Tarsila do Amaral estará à venda na feira online Tefaf Nova York por US$ 7 milhões, ou cerca de R$ 40 milhões. É a tela “Idílio”, de 1929, exibida pela galeria paulistana Bergamin e Gomide.

Este é provavelmente o maior valor pedido por uma pintura da artista numa feira – seus quadros disponíveis para venda são raros e, quando aparecem em eventos do tipo, costumam ser de uma fase mais tardia e bem menos valorizada.

Sócio da Bergamin e Gomide, Thiago Gomide conta que a peça é de um colecionador brasileiro que, temendo possíveis danos por deslocamentos, não queria que ela saísse do país a não ser depois de vendida. Como a Tefaf será online, a ocasião era ideal, continua o galerista.

Além de acontecer na internet, esta também será uma edição um pouco diferente do evento. Isso porque os participantes, que precisam submeter o que pretendem exibir ao crivo de um grupo de especialistas, só podem mostrar uma obra cada um nos seus estandes virtuais.

“Poder apresentar uma obra de uma mulher latina numa feira desta qualidade põe o Brasil numa posição e tanto. Seria uma obra ótima para um museu”, afirma Gomide.

O galerista diz acreditar que, além do famoso “Abaporu” do Malba (Museu de Arte Latino-Americano de Buenos Aires), hoje só três museus fora do país têm obras de Tarsila nas suas coleções – o russo Museu Hermitage, o francês Museu de Grenoble, e o MoMA, Museu de Arte Moderna de Nova York, que comprou “A Lua” numa transação estimada em R$ 75 milhões no ano passado.

“Idílio” mostra um casal abraçado, de costas, contemplando o horizonte em meio a uma paisagem de morros e plantas.

A pintura exibe formas arredondas e cores vibrantes que remetem a uma produção um pouco anterior de Tarsila, iniciada quando, de volta depois de uma temporada em Paris, ela rejeita o que aprendeu na Europa em nome de um contato mais intenso com o modo de viver brasileiro.

A Tefaf Nova York começa no próximo domingo (1º) e vai até 4 de novembro.

 

fonte:

cultura ao minuto

Em novembro, o streaming terá muitos filmes de natal, a aguardada série The Crown, a animação Bob Esponja: O Incrível Resgate e a sequência de A Princesa e a Plebeia.

THE CROWN – 4ª TEMPORADA (15 DE NOVEMBRO)

Estrelada por Olivia Colman, a série centrada na vida da Rainha Elizabeth agora vai retratar o peíodo de 1971 e 1990, apresentando personagens ícones da história da Inglaterra, como a Princesa Diana (Emma Corrin) e seu famoso vestido de casamento, e a primeira-ministra Margaret Tatcher, interpretada por Gillian Anderson, de Sex Education.

BOB ESPONJA: O INCRÍVEL RESGATE (5 DE NOVEMBRO)

O filme do famoso personagem animado da Nickelodeon acompanha a jornada de Bob Esponja e Patrick Estrela em busca de Gary, o caramujo de estimação que está desaparecido. Depois de ser adiado da estreia dos cinemas por conta da pandemia, a produção foi comprada pela Netflix.

ERA UMA VEZ UM SONHO (24 DE NOVEMBRO)

O filme de Ron Howard é baseado em um livro homônimo de não-ficção e trará Amy Adams e Glenn Close como mãe e filha. A história de conflito familiar é sobre um ex-fuzileiro naval e estudante de Direito que vê seu sonho de conseguir o emprego ideal ser interrompido por uma crise familiar que o obriga a encarar a complexa dinâmica de sua família e a difícil relação com sua mãe (Adams), embarcando em uma jornada de autoconhecimento e aceitação das influências de suas origens em sua vida.

LUCCAS NETO EM: O MAPA DO TESOURO (10 DE NOVEMBRO)

O filme de comédia infantil é estrelado pelo youtuber Luccas Neto e sua fiel amiga Gi, que iniciam a caça a um antigo tesouro de família quando um ganancioso vilão começa a sondar o sítio da vovó.

NASCE UMA RAINHA (11 DE NOVEMBRO)

O reality show original da Netflix é estrelado por Gloria Groove e Alexia Twister e acompanha as duas famosas drag queens em um formato brasileiro semelhante ao reality Ru Paul’s Drag Race. Elas serão responsáveis por ajudar outras drags a encontrarem seu potencial e aprimorarem a arte tanto nos palcos quanto no visual.

A PRINCESA E A PLEBEIA – NOVA AVENTURA (19 DE NOVEMBRO)

A sequência do filme de Natal A Princesa e a Plebeia, lançado em 2018, é novamente estrelado por Vanessa Hudgens e a história começa quando a Duquesa Margaret herda inesperadamente o trono para Montenaro. Ela passa por uma fase difícil com Kevin e cabe à sua dupla Stacy salvar o dia antes que uma nova sósia tente frustrar seus planos.

SHAWN MENDES: IN WONDER (23 DE NOVEMBRO)

O documentário mostra a jornada de Shawn Mendes, o cantor canadense de 22 anos que começou a carreira como humorista nos aplicativos Vine e Youtube, com o grupo Magcon. O filme trará cenas dos bastidores de sua última turnê, incluindo cenas com a namorada Camila Cabello – que será a próxima Cinderela do novo live-action da princesa da Disney – e momentos do astro no show cancelado no Brasil, em 2019.

LANÇAMENTOS DE FILMES NA NETFLIX EM NOVEMBRO:
  • 1/11 – Natal sob Medida
  • 1/11 – O Natal de Heidi
  • 1/11 – My Christmas Inn
  • 1/11 – Um Natal de Descobertas
  • 1/11 – Lista de Desejos de Natal
  • 1/11 – O Aviador
  • 1/11 – Roman J. Israel Esq
  • 1/11 – No One Killed Jessica
  • 3/11 – Laço Materno
  • 5/11 – Bob Esponja – o Incrível Resgate
  • 5/11 – Missão Presente de Natal
  • 5/11 – Quem Matou Maria Marta?
  • 6/11 – A Lição de Moremi
  • 6/11 – Girl’s Revenge
  • 10/11 – Luccas Netto em: O Mapa do Tesouro
  • 11/11 – Quando a vida acontece
  • 12/11 – Jurassic World: Reino Ameaçado
  • 12/11 – Nekrotronic
  • 13/11 – Rosa e Momo
  • 13/11 – Uma Invenção de Natal
  • 19/11 – A Princesa e a Plebeia: Nova Aventura
  • 20/11 – O X do Natal
  • 22/11 – Natal com Dolly Parton
  • 23/11 – Shawn Mendes: In Wonder
  • 24/11 – O Caderno de Tomy
  • 24/11 – Era Uma Vez Um Sonho
  • 25/11 – Crônicas de Natal: Parte Dois
LANÇAMENTOS DE SÉRIES NA NETFLIX EM NOVEMBRO:
  • Sem data – Um Natal Nada Normal (Temporada 1)
  • 1/11 – Voice (Temporada 2)
  • 2/11 – Entendeu ou Precisa Desenhar? (Temporada 2)
  • 4/11 – Amor e Anarquia (Temporada 1)
  • 5/11 – Paranormal (Temporada 1)
  • 9/11 – Operação Ecstasy (Temporada 2)
  • 10/11 – Dash & Lily (Temporada 1)
  • 11/11 – Nasce uma Rainha (Temporada 1)
  • 11/11 – The Liberator
  • 13/11 – Os Favoritos de Midas (Temporada 1)
  • 15/11 – The Crown (Temporada 4)
  • 18/11 – O Sabor das Margaridas (Temporada 2)
  • 23/11 – Marte (Temporada 2)
  • 27/11 – Virgin River (Temporada 2)

fonte:

adorocinema

 

No dia 7 de novembro, das 14h às 19h, o Ecossistema Ânima realizará um simulado gratuito para o Exame Nacional de Ensino Médio (Enem). A atividade será feita por meio de uma plataforma on-line e, para participar, o estudante deve se inscrever até meio-dia de 6 de novembro no site Com Você no Enem.

Os participantes que obtiverem as melhores notas vão concorrer a bolsas de estudo de até 100% nas instituições de ensino do Ecossistema Ânima.

A Ânima é uma organização educacional particular de ensino superior que reúne, em parceria de cogestão, nove instituições: Universidade São Judas Tadeu (SP), Una (MG e GO), UniBH (MG), Faseh (MG), UniSociesc (SC), Ages (BA e SE), UniFG (BA), UniCuritiba (PR) e atua na Unisul (SC).

Além do simulado, também haverá um aulão para o Enem, no dia 31 de outubro, às 14h, e outro em 21 de novembro, das 14h às 17h. Serão oferecidas aulas para apresentar e revisar os principais assuntos que podem cair no exame.

Enem 2020

Por causa da pandemia do novo coronavírus, as provas da edição 2020 do exame foram adiadas para os dias 17 e 24 de janeiro de 2021 (versão impressa) e 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021 (versão digital).

Além de uma redação e 45 questões, os candidatos terão que responder a questões sobre quatro áreas de conhecimento: linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; e matemática e suas tecnologias.

 

 

FONTE:

Catraca Livre

 

 

Torta mousse de chocolate

© Guia da Cozinha

Tempo: 30 minutos (+2h na geladeira)

Rendimento: 1 unidade

Dificuldade: fácil

Ingredientes

  • 2 xícaras de aveia
  • 2 colheres de sopa de melado
  • 2 colheres de sopa de água
  • 1 colher de sopa óleo

Recheio

  • 500 gramas chocolate em barra
  • 1 xícara de água
  • Morangos e hortelã para decorar

Modo de Preparo

Para a massa: bata tudo no processador até virar uma massinha de modelar e depois modele na forma de fundo removível com 57 cm de circunferência. Leve ao forno pré aquecido a 180 graus por 15 a 20 min ou até a massa ficar crocante.

Para o recheio: derreta o chocolate em banho maria, depois faça o banho maria invertido com água gelada e gelo. Coloque o bowl com cuidado. Misture com a ajuda de um fouet, mixer ou batedeira. Para chegar no ponto, se for com fouet leva em torno de 5 min, já na batedeira ou mixer, é de 3 a 4 minutos. Esse tempo é para o chocolate esfriar e começar a aerar.

Quando ficar cremoso você pode parar, pois depois de frio ele vai endurecer cada vez mais. Coloque esse recheio na torta e modele com a ajuda de uma colher. Leve na geladeira por 2 horas. Por fim, enfeite com morangos e folhas de hortelã ou polvilhe cacau em pó em cima. É só servir!

Torta mousse de morango

© Guia da Cozinha

Tempo: 1h (+4h de geladeira)

Rendimento: 8 porções

Dificuldade: fácil

Ingredientes

  • 1 pacote de biscoito maisena sabor chocolate triturado (200g)
  • 4 colheres (sopa) de manteiga
  • 1 clara
  • Morangos para decorar

Mousse de morango

  • 2 latas de leite condensado
  • 2 latas de creme de leite (600g)
  • 2 envelopes de pó para suco sabor morango (70g)
  • 1 envelope de gelatina em pó sem sabor

Calda

  • 2 xícaras (chá) de morangos picados
  • 1 xícara (chá) de açúcar
  • Suco de 1 limão

 

Modo de preparo

Em uma tigela, misture o biscoito com a manteiga e a clara até formar uma farofa úmida e forre o fundo de uma fôrma de aro removível de 24cm de diâmetro. Leve ao forno alto, preaquecido, por 10 minutos. Retire e deixe esfriar. No liquidificador, bata o leite condensado, o creme de leite, o suco e a gelatina dissolvida conforme as instruções da embalagem até homogeneizar. Espalhe sobre a massa e leve à geladeira por 4 horas. Para a calda, bata os ingredientes no liquidificador, transfira para uma panela e leve ao fogo baixo por 5 minutos, após levantar fervura. Deixe esfriar. Desenforme a torta, cubra com a calda, decore com morangos e sirva em seguida.

 

FONTE:

Guia da Cozinha

CAFÉ DA MANHÃ PARA A ALMA

Série Oração

Tiago nos aconselha não somente ouvir a Palavra de Deus, como também a colocá-la em prática.

A meditação é a ponte que liga a leitura da Palavra à sua prática, pois através dela passamos a entender as Escrituras e podemos com certeza aplicá-la em nossa vida.

Meditar na Palavra é simplesmente pensar na sua mensagem com o desejo de descobrir a verdade que nela contida para podermos por em prática em nossa vida.

A meditação traz consigo muitos benefícios, ela nos ajuda a examinar nosso relacionamento com Deus, a nos avaliarmos sinceramente e assim descobrir qual nossa condição diante de Deus.

Com certeza através da meditação aprendemos a obedecer melhor a Deus.

Esse processo pode ser doloroso ou empolgante, mas o resultado que isso traz com certeza é especial, nos aproxima de Deus.
Pra Janete Pessoa

CAFÉ DA MANHÃ PARA A ALMA
Série Oração

Um pecado não confessado é um sério obstáculo para recebermos a resposta de nossas orações.

Se permitirmos que o Senhor nos sonde, com certeza Ele nos mostrará o pecado que precisamos confessar.
Quando confessamos estamos com certeza restaurando nosso relacionamento com Deus.

A confissão trás benefícios imensuráveis para as nossas vidas.

Nunca devemos deixar nossos pecados para confessar depois, o pecado nos separa de Deus por isso quanto mais depressa o confessarmos, mais rapidamente reataremos nossa comunhão com Ele.

Não podemos usar nossa posição como desculpa para não confessarmos nossos pecados.
Todos devemos confessar o nosso pecado e orarmos pedindo perdão.

Devemos ser sinceros com Deus que é onisciente.
Se não agirmos assim estaremos enganando a nós mesmos e prejudicando nosso relacionamento com o Senhor.

Se tivermos o desejo sincero com Deus de confessarmos os nossos pecados e pedir perdão, com certeza Deus revelará os nossos erros.
Deus deseja mostrar os nossos erros, para que voltemos a ter comunhão com Ele.

Sempre que deixamos de buscar o perdão de Deus e permitimos que um pecado permaneça em nossa vida, ele aumenta e suas consequências são desastrosas.
Um pecado não confessado pode nos destruir.
Pra. Janete Pessoa